A história

Hotel Venezia Canal GrandeNa biblioteca do Palazzo Foscarini Giovanelli foram conservados durante dezenas de anos os quase mil volumes reunidos por Marco Foscarini. Hoje em dia, mais de 500 desses manuscritos históricos estão patentes na prestigiada Biblioteca Imperial de Viena.
Os livros foram o justo penhor pela falta de pagamento ao estado austríaco dos impostos retroactivos por parte da linhagem agora em declínio dos Foscarini.


Reserva imediata!


Edifício histórico do período quinhentista com frescos com as figuras mitológicas de Zelotti, o Palazzo Foscarini Giovanelli alberga hoje um dos mais elegantes hotéis de 4 estrelas de Veneza, repleto de charme e com uma história que enumera inquilinos como a família Mozart e o Rei da Dinamarca, Federico Cristiano IV.


No palácio viveram, durante o século XVIII, a família Foscarini e o seu representante mais ilustre, o futuro Doge Marco Foscarini, ao qual se deve a colecção de numerosos e raros manuscritos, todos encadernados em couro vermelho com o brasão da família Foscarini gravado.


Hotel Palazzo Giovanelli


Hotel Palazzo Giovanelli

O ilustre inquilino

  • Homem culto com uma grande paixão pela literatura, amigo íntimo do poeta Gaspare Gozzi, Marco Foscarini foi o 117° Doge da República (Dux da República) de Veneza. Denominado 'Il Gran Cagnesco’ pela sua forma de agir séria, permanece no cargo apenas um ano e é recordado pelas extraordinárias capacidades oratórias, afirmando-se como um dos homens mais brilhantes e engenhosos da história da Sereníssima República.

O palácio

  • A construção da esplendorosa moradia senhorial que alberga hoje em dia o Hotel Palazzo Giovanelli deve-se à família dos Coccina. Vendido no ano de 1581 à família florentina de Luca Antonio Giunta, a moradia é herdada pelos Foscarini na sequência do matrimónio de dois irmãos com os descendentes dos Giunta. No ano de 1755 foi alugada à família Giovanelli.